10 passos para driblar a crise e alcançar melhores resultados

O ano começou com o cenário um pouco mais otimista, mas é inevitável que o mercado ainda sinta o reflexo da grande recessão vivida no ano passado.

Muita gente aceita as condições da crise e segue com o pensamento de que não dá para superá-la. Será?

Eu não concordo. Acho que tudo é uma questão de atitude. É aquela velha história: enquanto todos choram, você pode vender lenços. Por isso, pare de se lamentar e siga os próximos 10 passos para fugir da crise:

1. Planejamento estratégico

Nada pode ser iniciado sem um planejamento. Como você pode ir para algum lugar se não planejou como chegar lá?

2. Organizar o negócio

Será que você tem tudo o que precisa para poder driblar a crise? Você precisa se preparar, preparar seus funcionários e seu estoque.

3. Desenvolver estratégias de vendas

Vocês se lembram da história do vendedor que foi enviado à Índia para vender 10 mil pares de sapatos?

Assim que chegou, ele ligou para o chefe e falou: “─ Estou pedindo demissão, pois vocês me mandaram para um país onde ninguém usa sapatos…”.

O chefe o substituiu. Dias depois recebeu uma ligação do outro vendedor: “─ Que maravilha! Aqui ninguém usa sapatos. Vou vender fácil os 10 mil pares.”.

Tire o S da CRISE = CRIE!

4. Desenvolver estratégias de produção

Cabe aqui um redutor de expectativas para se fazer estimativas reais. Melhor economizar em matéria prima e pessoas e administrar prazos de entrega.

5. Desenvolver estratégias de compras

Preços menores, prazos maiores e cautela na quantidade.

6. Desenvolver estratégias de pessoal

Tempos de crise podem ser um bom momento para conseguir profissionais que são verdadeiras pérolas no mercado.

Adote uma política X10. Ou seja, seu faturamento tem que ser 10 vezes superior à soma dos salários de todos os seus funcionários.

7. Desenvolver estratégias financeiras

Combine: negociação de taxas bancárias; pagamento dos impostos em dia; recebimentos à vista e pagamentos a prazo.

8. Desenvolver estratégias de controle

Você não pode se dar ao luxo de perder dinheiro com fraude ou roubo. Fique atento!

9. Acompanhamento de relatórios

DRE, Balanço, Fluxo de Caixa DEVEM ser revistos quinzenalmente ou pelo menos uma vez por mês.

10. Acompanhamento das atividades

Você DEVE rever e acompanhar todas as atividades em que as áreas estão envolvidas, tais como:

  • Carteira de pedidos
  • Carteira de vendas
  • Carteira de produção
  • Carteira de Compras
  • Extrato dos estoques
  • Despesas até a data
  • Fluxo de caixa da última semana
  • Fluxo de caixa desta semana
  • Problemas surgidos na semana passada
  • Problemas resolvidos na semana passada

Para isso, organize uma reunião semanal às segundas-feiras.

Curtiu? Então, comente, compartilhe e aguarde nosso próximo post. Todas as quartas-feiras tem um conteúdo novo e exclusivo para você. E não se esqueça: busque uma consultoria com experiência em gestão e administração para dar suporte ao crescimento da sua empresa.

Jonathan Boilesen

Técnico em Informática pelo COTIL/UNICAMP e Bacharel em Ciência da Computação pela Unicamp com certificados de estudos em Sistemas de Informação e Engenharia de Software, começou aos 12 anos a trabalhar como autônomo em administração de redes e suporte a usuários e, em 2009 – aos 19 anos-, abriu sua primeira empresa de Marketing Digital. Desenvolveu aplicativos e sistemas em Data Mining, Data Science e Business Intelligence, criando soluções estratégicas por empresas onde passou e sendo premiado como colaborador de destaque no Instituto de Pesquisas Eldorado pela criação de uma ferramenta de automação de análise de dados e no Google Summer of Code 2014 pela criação de uma ferramenta de visualização em grafos de linguagens de expressão biológica. Apaixonado por sociologia, filosofia e economia e indignado com distância entre a teoria e a prática da administração de empresas e da gestão de projetos de base tecnológica, hoje atua ajudando e capacitando executivos e empresários em planejamento e gestão estratégica, inteligência de negócios e inovação, utilizando metodologias ágeis.

E-Book: Planejamento Estratégico Ágil - Guia prático de aplicação de Metodologias Ágeis à Administração de Empresas

Aplicável tanto em startups quanto em grandes empresas, a Administração Ágil é uma maneira prática, sustentável e assertiva para empresários e executivos alcançarem melhores resultados, tornando suas empresas adaptáveis e inovadoras, trilhando o caminho da transformação digital na prática.

Conteúdo

solicite uma reunião

Agende agora uma reunião com um de nossos consultores!

ENTRE EM CONTATO

©Todos os direitos reservados – Boilesen 2021